Opinião sobre o filme: Guerreiro

GuerreiroGuerreiro (Warrior) conta a história de dois irmãos Tommy Riordan (Tom Hardy) é um ex-fuzileiro naval que perturbado por suas memórias do Iraque, vê no seu retorno à sua cidade natal um recomeço. Brendan (Joel Edgerton) é um professor de escola pública que passa por problemas financeiros e precisa sustentar a sua família, e para resolver tais problemas, Brendan acaba se envolvendo em lutas clandestinas de MMA. Os dois irmãos tiveram suas vidas separadas na infância devido as bebedeiras do seu pai e treinador interpretado por Nick Nolte. Os dois irmãos, por caminhos diferentes, acabam se inscrevendo em um torneio de MMA – Sparta, que oferecendo um prêmio milionário promete ser a solução para os problemas individuais de cada irmão.

Vamos a opinião sobre o filme:

O IMDB deu nota 8.3 para Guerreiro, mas o Assunto da Vez tem algumas ressalvas a fazer. Os personagens do filme são fracos, o clima motivacional/dramático presente na trama não funcionou. O irmão mais novo, o Bad Boy Tommy Riordan é um personagem sem vida e não tem a carga dramática que em teoria estava roteirizado para ele e a atuação do ator Tom Hardy não é uma das melhores. Quando eu vi que  Guerreiro 2011 tinha o velho ator, que eu conheci nos anos 80, Nick Nolte fiquei esperançoso, mas depois descobri porque Nick Nolte esta no ostracismo de Hollywood. Talvez não seja culpa de Nolte, acredito que o diretor e os retoristas sejam os grandes vilões.

Você já deve estar me questionando: Guerreiro é um filme de MMA e lutas e não um filme de drama. Ok, concordo. Sendo assim, vamos falar dessas partes no filme.

Treinamentos: Os filmes de lutas e artes marciais costumam mostrar um pouco dos treinamentos dos atores/atletas, com Guerreiro não é diferente, nesse ponto o filme peca novamente, o treinamento dos irmãos, apesar de eu não entender nada de treinamentos de MMA, não me parece nem um pouco um treinamento das artes marciais que compreende o MMA. O que eu vi ali é um treinamento para boxeadores, eles copiaram a essência do Sylvester Stallone treinando em Rocky 1 e Rocky 2, deram uma mexidinha e transporam para cada um dos irmãos. Eu senti muita falta de um tatame ou de um dojo e um mestre faixa preta de alguma arte marcial, afinal não é isso que é MMA, pelo menos é assim que eu vejo nos vídeos antes das lutas do UFC.

Lutas: É ai que o filme da uma virada, as cenas de lutas são espetaculares e sensacionais, parece que você esta vendo uma luta do UFC, os socos, chutes, joelhadas e as finalizações são quase reais. Tudo bem que o estilo de torneio que eles retratam no filme, (torneio único eliminatório) não existe nas principais categorias do MMA desde a época Rickson Gracie. Mas isso não incomoda em nada e quando as coisas estão dentro do octágono é perfeito.

Vale a pena ver o filme? Sim, vale, principalmente se você é um fã do UFC, mesmo que as cenas fora do octágono sejam fracas e interação dos personagens questionáveis, mas, quando o gongo toca, o filme se faz. Se você não gosta de UFC é melhor deixar o filme Guerreiro de lado e assistir a outra coisa.

Vamos a Nota: ★★¾☆☆ 2.75/5 

Guerreiro (Warrior) – Trailer Oficial 2011 HD

Adquira já no submarino:

DVD  do filme Guerreiro

Game UFC Personal Trainer – PS3

Boneco UFC – Lutadores – Wanderlei Silva – DTC

Boneco UFC – Lutadores – Thiago Alves – DTC

Boneco UFC – Lutadores – Rich Franklin – DTC

53 Comments

  • Rodrigo disse:

    Discordo inteiramente de você, cara. É impressionante isso. Mas ainda bem que somos assim, diferentes. Bem, vamos lá: lutadores de UFC escutando Beethoven, competindo com heróis espartanos e adeptos da filosofia grega?! Só em um filme mesmo. Em uma das frases do comentarista, ele diz “se fosse fora do ringue, poderiam interditar que seria o local do crime!”, quer dizer, os realizadores do filme têm a noção de que esse tipo de competição, é um esporte ou não. E quanto aos treinamentos, é óbvio que quiseram fazer diferente! Acho que não vimos o mesmo filme. Detesto UFC, pra mim não é esporte, assim como boxe, são dois homens brigando (às vezes há mortes inclusive) dentro de um espaço pra isso. Se fosse no meio da rua e sem luvas, seriam presos por rixa. Valeu. Em grego isso se chama “aporia”.

    • Jean disse:

      É, esporte deve ser bater no muro a 300km/h e esfarelar o crânio. Ou então ficar correndo atrás de uma bola e quando ficar velho nao ter joelho pra fazer mais porra nenhuma. Sim, pesquisas cientificas comprovam que o numero de lesoes no futebol é maior do que no MMA. Entao, façamos assim: se vc nunca praticou luta, se nao sabe como é, cale-se pq se pra vc nao é esporte, pra mim vc é um asno mal informado, ignorante por querer falar do que nao sabe.

    • Jean disse:

      Mortes? Morre mais gente jogando bola do que lutando MMA! Me diz um lutador de MMA que morreu lutando.. eu te digo vairos de futebols que morrram jogando! Lutador ouvindo beethiven? Eu ouço e sou lutador! No STF, tem dois faixas pretas de artes marciais, sendo que um é um grande fã de MMA< um dos juristas mais preparados do Brasil: Luiz Fux. Fala besteira…

    • Juliano disse:

      Rodrigo, vc é um bunda de peru.

  • osl18 disse:

    é um esporte sim , fala pra mim qem morreu no ufc ? tem regras , ñ igual briga de rua . vc ñ deve saber as regras , como qualqer outro esporte .

  • Marcio disse:

    Melhor filme de 2011 sem dúvida!!!

  • Ricardo disse:

    Detesto UFC e todo tipo de violencia, mas o diretor dirige o filme mostrando as lutas como batalhas pela vida, não como documentário de esporte, mostrando todas as angustias, dramas, ódios e sentimentos dos personagens sem descambar para a pieguice, para o lugar comum. A cena final é dirigida com rara maestria, sem contar o fato de ter deixado em aberto todas as interpretações para o espectador, ou seja, o trata com respeito, sem usar do expediente fácil de fechar a trama, como se fosse dono da verdade. Grande filme, o melhor filme que já vi usando do tema luta, aí incluindo Rocky…

  • Rodrigo disse:

    “…pra mim vc é um asno mal informado, ignorante por querer falar do que nao sabe.” (CP, art. 139 + 140). Preste muita atenção, cuidado com suas palavras, ok?

  • Sylvia disse:

    Discordo muitíssimo. Achei o filme fantástico. Não sou fã de UFC, não odeio também. Gosto de filmes de luta, gostei muito de O Lutador (inclusive nomeado ao Oscar no ano passado como você bem deve saber) e comparam os dois muito, apesar de a única real semelhança seja a trama de luta.
    Pontuando cada coisa que você escreveu, coloco que os personagens são na verdade muito profundos. Isso na verdade é o que dá a diferença na hora da luta. Ambos os irmãos têm muitas feridas abertas, problemas que ocorreram no passado, por isso a luta final é tão comovente. Cada golpe tem um significado além disso pra eles. Creio que funcionou perfeitamente.
    Tom Hardy pra mim é uma das maiores revelações dos últimos anos, e nesse filme em especial eu acho que ele dá um show. Em qualquer resenha de autor respeitado isso é notado. Não reconheci o Hardy, de Inception, e ele fez um treinamento pesadíssimo, também notado. Apesar do personagem de Hardy não ser realmente o centro, mas na verdade uma “distração” para que o filme não fique previsível, acho que ele roubou toda essa atenção. Edgerton é bom, mas não bom o suficiente pra superar.
    Nick Nolte tem uma das suas melhores atuações ao meu ver, apesar de não ter visto muitos filmes dele.
    O treinamento é o necessário pra não ser cansativo. Focar muito nisso ia tirar o foco do filme, que é a batalha entre os irmãos e todo aquele rancor. Na verdade, achei genial toda aquela história Beethoven, música clássica passa muita emoção e pesquisei um pouco sobre isso e aparentemente é um método usado por alguns atletas, de diversos esportes, pra manter o foco. O conceito de MMA pode ser muito diverso, Mixed Marcial Artes não necessariamente significa uma faixa preta. Pelo menos eu nunca vi ninguém no UFC usando.
    As lutas eu concordo, foram muito bem montadas.
    E voltando aos personagens, acho que você não tava em um bom momento quando assistiu. Achei simbólico e profundo, deu vida aos múltiplos significados que luta pode ter.

  • Eduardo Andrade disse:

    Cara esporte bonito é Rodeio, esse sim mereceria ser banido.

  • LKJH disse:

    hj a disputa e na porrada (horrivel)
    amanhã vai ser no tiro (ridiculo)
    A historia e boa, ou o filme.. O esporte uma bosta
    !!!!!!

  • Miryám Soares disse:

    Simples assim… É o máximo! O filme, os atores a história… Parece real.

  • gostei dimais do filme…um dos melhores que ja vi….otimas atuações e otima historia, ponto

  • João Marcelo Silva disse:

    gostei muito

  • também gostei pra caramba. by; maai fegadoli

  • gostei muito tb esse Tom Hardy tem futuro

  • eduardo disse:

    vcs nao sabem avaliar um bom filme.
    este filme nao fala apenas sobre o MMA e sim sobre estorias de vida superacao e um esporte que sim tem muitos pontos ruins ao ver de pessoas leigas

    • ASL_Rodrigo disse:

      Quando eu avaliei o filme, pensei apenas em um filme que tem o esporte, no caso o MMA, como pano de fundo. Ai comparei a vários outros que eu já assistir. O Vencedor, O Lutador, Rock e outros. E, no caso de Guerreiro, não gostei do drama exposto ali, achei muito forçado e bem superficial, mas adorei a cenas de lutas. Isso é só a minha opinião. E é claro que respeito a opinião de cada leitor. Tanto que criei uma votação dos leitores e que no caso de Guerreiro, a nota do filme esta bem melhor do que a dada por mim.

  • marcus vinicius disse:

    “Eu senti muita falta de um tatâmi ou de um dojo e um mestre faixa preta de alguma arte marcial, afinal não é isso que é MMA, pelo menos é assim que eu vejo nos vídeos antes das lutas do UFC” cara tu tem que aprofundar mais os teus pontos de vista, nao precisa mostrar uma faixa preta pra dizer que e bom, nao precisa treinar num octogono pra ser MMA,o filme tras sim um treinamento de MMA, pq eu ja treinei dakele jeito.

    • ASL_Rodrigo disse:

      Acho que por isso que senti falta dessas coisas, não sou especialista, nem praticante de MMA ou qualquer outra arte marcial. Algumas pessoas confundem, mas eu analisei o filme não o arte marcial. Mas de qualquer modo respeito sua opinião. E o mais legal é isso. Poder trocar ideias, cada um expondo sua opinião do filme.

  • Ótimo filme! Gostei muito! Indico para quem ainda não assistiu.

  • anderson penis disse:

    cara esse filme e meio viagem, mas me emocionei mto no final.

  • Anna disse:

    Concordo, o mais importante é o poder de expor idéias e não de impor! Cada um tem opinião, mas também é sensato não criticar aquilo pelo qual somos leigos.
    Minha opinião em relação ao filme é sensacional! Com certeza entra para minha lista de favoritos. Adoro filmes, adoro o bom cinema. A atuação foi excelente e mostrou de forma realista as tramas familiares e da vida em geral. Fico fascinada pela personalidade de Tommy Riordan, cheio de mágoas, um cara durão que na verdade tinha um coração carente. Adoro a forma como a sua identidade é revelada no filme. Nossa capitei cada detalhe do filme, desde as lágrimas nos olhos do pai dos garotos até a cara de mau do Koba quando encara Brendan na semifinal, sem falar nas cenas de luta, maravilhosamente bem feitas, totalmente real. Enfim o filme é um espetáculo a parte. Vale a pena conferir, bom para qualquer gosto!

    • ASL_Rodrigo disse:

      Anna, muito bom seu comentário. Tem filmes que eu adoro e as pessoas detestam e tem filmes que eu não acho nada de mais e as pessoas adoram.
      Creio que quando você assisti a um filme ou escuta uma música, seus sentimentos e emoções variam de acordo com o momento no qual você esta vivendo naquela hora. Por isso opiniões divergem e até mesmo mudam com o passar do tempo ou com uma segunda olhada.

  • Vanessa Agnelo disse:

    Já viu alguém chorar em filmes de LUTAS!!!
    Pois assistindo esse filme eu chorei.
    Muito lindo, filme com conteúdo.
    Vale a pena assisitir!

  • Thiago Moura disse:

    Um dos melhores filmes que já assisti, sem dúvidas. Esse pessoal que fica aí pagando de crítico de cinema, na verdade não entende porraaa nenhuma. Assistam a um filme com mais simplicidade. Warrior: Recomendadíssimo!

  • Lucas disse:

    Cara eu acho melhor você assistir de novo o filme.

    Algumas citações como o Tom Hardy fazendo um papel de bad boy. Ele é totalmente o contrário disto. Ele sendo adolescente suportou o fardo de ter que cuidar de uma mãe doente, ver seu melhor amigo morrer em uma guerra, ter que lidar com um pai alcoolatra e nao ter a presença de seu irmão.
    Não se pode esperar do personagem nada além de raiva e a cara fechada.

    Outra coisa, não é um filme sobre o MMA, o foco está na vida daquela familia destruída, o MMA entra como um ponto de união. Vendo pela parte técnica da luta, pode não ser aquelas coisas, mas vendo pela trama toda do filme é muito diferente.

    na minha opinião você deveria assistir o filme com outros olhos.

    • ASL_Rodrigo disse:

      Pode ser Lucas. Mas confesso que quando eu assisti, não vi nada de mais em Guerreiro, nada que eu não tenha visto melhor em outros filmes. Mas pode ter certeza de quando surgir a oportunidade eu irei rever o filme. Mesmo porque, vendo a notas dos leitores, eu estou destuando bastante da maioria.

      Ótimo comentário o seu.

  • Alex disse:

    Gostei muito do Filme. Pratico Jiu Jitsu a pouco tempo e quanto a questão do dojo ou do tatame, discordo do adm., pois no filme quebrando regras 2 mesmo, eles treinam em um terreno baldio. Quanto as lutas dentro do octógono, essas sim merecem o respeito. Fizeram muito bem essas partes.

  • emi-yang disse:

    Eu gostei d+ desse filme e eu ficaria mais feliz se fizecem o segundo filme continuando o primeiro filme.

  • Gostei muitíssimo desse filme, as cenas de lutas são muito bem feitas e o filme tem um tom dramático que faz ele ficar ainda melhor

  • […] das trevas (Christian Bale) tem de enfrentar um dos seus piores inimigos: Bane (Tom Hardy, Guerreiro),  que fara de tudo para tentar controlar Gotan City. Além de Bane, temos também a […]

  • RICHARD disse:

    infelismente só pude faser uma aula de mma essa misijenaçâo de lutas contadas em uma historias entre 2 irmâos foi muinto emocionanate um dos melhores filmes qui já assistir mim deicho com muinta vontade de continuar o mma e se tudo de certo vou aconselhar trabalho é a minhas aulas novamente além de ser um filme bem feito, ele mostra a historias de cada um dos lutadores e acredito qui além de faser muinto bem ao corpo,mente, é alta estima de todos qui praticam consertesa todos já tiveram seus momentos é o mma é uma terapia pra soluçâo de todos os problemas desde qui ele sejá praticado de forma moderada é conciente:
    parabéns a todos dos filmes e todos qui praticam o mma ou qualquer outro tipo de esporte
    abraço.

  • Alex Sandro disse:

    Um filme que mostra que Lutadores também tem coração…

  • ted miyazaki disse:

    filme bom,p quem nao entende a violencia das lutas,nao assista!,porque este e o esporte que veio das regioes menos favorecidas e da mesma forma que muitos gostam de hipismo ,poquer,sinuca.bale e…………………………………………………………………………………………..
    nos gostamos disso!A historia e completa,pois por tras de campeões sempre ha passados tragico

  • Meu caro, discordo de você em vários pontos.

    Primeiro, o filme não é de luta, e justamente um drama, isso fica evidente o tempo todo. Tom Hardy foi muito elogiado por sua atuação neste filme (a cena final é fantástica, ele vai da da dor, raiva e ressentimento a entrega e emoção ao chorar e perdoar o irmão), e Nick Nolte também, tanto que foi indicado ao Oscar daquele ano como ator coadjuvante pela sua atuação neste filme. O elenco no geral se preparou por meses antes das filmagens, e os atores principais tiveram diversas lesões.

    Segundo, você disse que 'sente falta de um dojô ou um mestre faixa preita' nas cenas de treinamento, e esta é uma ótica equivocada. Todo lutador de MMA pratica pelo menos três estilos de luta e é faixa preta em algum estilo, além da preparação física, que é muito forte. Tommy é um especialista em boxe e ground n' pound (derrubar e socar) e possui muita explosão muscular, já seu irmão Brendan é mais velho, versado em Submission e Wrestling e takedowns (derrubar o adversário), tudo isso é mostrado com detalhes no filme, Tommy treina apenas com o pai e de forma rústica, e o Brendan de favor com o amigo Frank Campana e sua equipe a princípio como sparring, pois ambos não são lutadores profissionais, entram no torneio por motivos de dívida, superam adversários teoricamente com muito mais preparo e estrutura e acabam por se enfrentar no final.

    Não sei qual a sua opinião hoje, mas sugiro que pesquise um pouco sobre o MMA, pois no texto você deixa claro que não entende muito. E principalmente analise mais o filme como um drama sobre relações familiares, pois esse é justamente o ponto forte do mesmo e é a motivação dos principais personagens. Pode ser que sua opinião mude. Um abraço !

    • Respeito sua opinião, mas quando eu assisti a esse filme eu não senti esse drama/emoção todo, talvez por eu ter uma carga maior de filmes com o mesmo tema e já ter visto muita coisa nesse mesmo estilo. Realmente não sou um conhecedor do MMA e agradeço pelo seus esclarecimento.

      Parece que só eu mesmo não gostei muito de Guerreiro :).

      Obrigado pela sua contribuição. E desculpe se falei muita bobagem.

  • Mermão, o cara que escreveu essa "opinião" é um fracasso. Mas pra não me extender muito, tatame se escreve assim, e filme, é diferente pra cada um, que nem alimento.O filme é EXCELENTE. Você deu nota 2,75 em 5 pro filme, ou seja, 5,5 em 10…A minha nota pra sua opinião pra mim é -4……em 0.

    • Obrigado, já acertei o erro. E o a pessoa que escreve "Mermão" não pode falar muito não 🙂 Brincadeira. Se gostou do filme, ótimo, repeito, mas, como eu já vi vários filmes com essa temática, não achei nada de mais, exceto é claro, as cenas de luta.

  • Ghillbertto Hellyonysh disse:

    amei o filme…..assistir umas 20 vezes t e louco cara ñ a filme melhor do que esse….um dia vou realizar meu sonho…..vou para os estados unidos encontrar os dois…..

  • Ghillbertto Hellyonysh disse:

    dsculpe eu acho q eles nao moram nos estados unidos…

  • Curti muito esse filme. É um excelente filme no qual mostra os dramas, dilemas, altruísmo, traumas e superação de cada personagem. Porem na minha opinião, a forma q fora focadas as lutas do Tommy e as do Brendan deu um "ar fictício" no final . Sparta é o nome dado ao torneio, no qual tinha 12 lutadores e era quase uma luta atras da outra. As lutas de Tommy era rápidas, concisas e objetivas e os oponentes eram literalmente massacrados sem ao menos acertar um golpe. Já as lutas de Brendan, eram longas, cheias de altos e baixos, sofridas, pesarosas e seus oponentes dando muito trabalho até serem vencidos. OK, resumindo e indo direto ao ponto. LUTA FINAL: Tommy(invicto com vitórias fáceis e rápidas, INTACTO e SEM TOMAR UM GOLPE SEQUER) vs Brendan ( invicto com vitórias extremamentes sofridas, PÓ DA RABIOLA e TER APANHADO MAIS DO Q GATO NO SACO). Quais as possibilidades de vitória do Brendan tendo em vista um campeonato como aquele, onde não há tempo para a recuperação física do atleta ???

    Mas tirando isso, o filme é perfeito !!!!

  • Felipe Gama E Silva disse:

    Se a opinião deste site é essa acima, então a única conclusão que eu posso tirar é que esse site não entende nada, nem sobre filme e nem sobre MMA…
    Por favor, antes de falar algo que, pelo que vejo, não sabe NADA, pesquise.

    O treinamento do filme Ricky é obviamente parecido, pois no MIXED MARTIAL ARTS é lutado boxe entre outros tipos de luta… MISTOS, como tido no próprio nome do MMA.

    Segundo, a atuação de ambos os atores principais é ÓTIMA, uma mistura de Drama com UFC. Sim, um ótimo drama, onde os atores estão com ótima performance.

    Bom, em suma, a única conclusão que o site me fez tirar é o fato do site não saber quase nada sobre quase nada.

  • Concordo plenamente! As atuações são ótimas, é difícil não se emocionar no final. O site pisou na bola!

  • Concordo o cara tava todo Lascado e ainda Ganha , essa parte acabou com o filme!

  • Rosana Mako disse:

    Ahhh discordo de você, como que eles só misturaram algumas lutas e valorizaram só boxe? Eu não vi isso, e o filme conseguiu mostrar o drama da família, a personalidade de cada irmao e como cada um seguiu esse trauma de infância. Atuações impecáveis.
    Enfim, achei bem precipitado sua opinião

  • Paulo Henrique disse:

    Cara, penso totalmente diferente de você. O filme é ótimo. Um dos melhores que eu já vi… Atuações incríveis, cada detalhe do filme, dos diálogos te envolvem… E o filme é drama sim, e sensacional. Cada interação entre os personagens são muito legais, o professor com seu treinador, o professor com sua esposa. Cada olhar, cada expressão…

Deixe uma resposta